apresentação


testo de bom dia


" Não quero ser na tua vida o início do fim, nem o fim de um começo, mas o início de um começo sem fim."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Cantinho Poético

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

0

Natal de Luz

Natal de Luz 
 
Um dia uma estrela brilhou no céu, 
reis magos interpretaram a mensagem 
e a seguiram com ouro, 
incenso e mirra. 
Um novo rei havia nascido, 
um rei soberano 
com a missão de governar 
não somente uma nação 
mas todo o universo. 
A luz da estrela os guiou 
até uma manjedoura 
e em um trono de madeira 
o rei foi encontrado. 
Ao seu lado um pai e uma mãe que zelava, 
e ao seu redor 
pequenos animais o adoravam. 
Os reis magos se encontram 
e seus presentes ali depositaram. 
A estrela brilhou intensamente no céu 
e sua luz desceu sobre um menino 
chamado Jesus. 
Ali começou o natal, 
através de uma luz, 
um natal de luz. 

( Luis Alves, textos de natal )
0

Momento Mágico

Momento Mágico 

 Esse é momento de descobrir em nós 
os nossos sentimentos, 
perspectivas, 
possibilidades, 
limitações e potencialidades. 
É momento de romper as cadeias 
que nos separam do único e universal 
princípio da divindade. 
É momento de buscar 
a mão benfazeja 
que nos conduzirá à vereda luminosa, 
aquecida pelo fogo 
do Espírito do Cristo, 
que habita em nós. 
É momento de entrega, 
celebração, 
compaixão, 
perdão, 
e, sobretudo, amor.
0

Realizações de Natal

Realizações de Natal 

Sonhe, busque, espere... ame e reame! 
 Deixe sua alma voar alto...
pegar carona com os fogos coloridos. 
Mentalize seus desejos mais íntimos e acredite: 
eles também chegarão ao céu. 
Irão se misturar às estrelas, 
irão penetrar no Universo 
e voltarão cheios de energia 
para tornarem-se reais. 
Basta você querer de verdade, 
ter fé e nunca, NUNCA desistir deles! 

E que seu ano seja, então, plenificado de bênçãos e realizações. 
FELIZ NATAL E QUE O ANO NOVO SEJA PLENO DE REALIZAÇÕES.

domingo, 11 de novembro de 2012

0

Valor Humano

Valor Humano 

Na euforia das conquistas, 
na tristeza das derrotas, 
no sorriso que abre caminhos 
e abraços que rompem paradigmas: amizade, 
que na dor desfaz o cárcere do sofrimento 
e anima o olhar perdido 
de quem um amigo perdeu. 
Na incessante busca pelo conceito que abriga, 
eleva-se os pensamentos ao mais nobre dos sentimentos: o amor, que brotado no ritmo do cotidiano, 
viaja pelas emoções humanas, 
encobre a sombra do desafeto 
e transforma o sonho 
de uma amizade verdadeira 
numa divina resposta ao pessimismo 
que alimenta uma vida escura. 
Na verdade em que se encerra, 
hoje tem-se momentos, 
amanhã , apenas histórias , 
memórias, inesquecíveis pela profundidade 
 com que tocam o coração 
e verdadeiras pelo sentido que possuem 
na luz de uma honrada 
amizade! 

Adrianne Feitoza
0

Canção com divina melodia

Canção com divina melodia 
Amizade 
 Não sei, não quero saber, 
nem entender como aconteceu. 
Existem coisas que não se explicam, 
elas acontecem e ficam registradas no coração. 
Quero apenas lembrar que o meu coração 
canta uma canção original, única, perfeita, 
desde o dia em que um olhar profundo 
e um sorriso largo cantaram 
e me ensinaram a cantá-la. 
 A partir daquele dia 
essa canção embala meus sonhos, 
devaneios, medos, vitórias, 
encantos e desencantos... 
Tem a melodia da paciência, 
do ouvido atento, 
do ombro amigo. 
Canção de divina melodia com notas celestiais, 
é acalanto de minha vida e,
 por me fazer bem, 
quero-a aos demais. 
 Essa canção tem nome, 
Mas não tem explicação. 
Só a entende quem se deixa levar 
E permite que ela o tome por inteiro. 
Ela é única. 
Perfeita. 
Seu nome? 
A M I Z A D E. 

Maria Inez Flores Pedroso

terça-feira, 6 de novembro de 2012

0

Paraíso

Paraíso 
 Gostaria de fazer um lindo poema para você! 
Um poema que expressasse o carinho 
que tenho por ti... 
Não precisava ser em trovas ou rimas 
Uma coisinha singela e simples 
 Igual ao carinho que tenho por você... 
Nada de palavras difíceis, 
Um poema que a fizesse se sentir pertinho de mim... Não sei se conseguiria passar para o papel 
Tudo aquilo que sinto por você... 
Dizer que não vivo sem você 
Que a vida é muito gostosa porque tenho você 
Hummm, que coisa gostosa é você! 
Menina dengosa e carente 
Que chora por qualquer coisa 
Que faz meu coração disparar à toa... 
Que paixão danada, que me faz sentir no paraíso Menina nas horas de brincadeiras 
Mulher quando deseja amar... 
Você é assim: uma mistura gostosa 
Uma namorada que me faz sonhar acordado 
Que consegue me mostrar o paraíso... 

Eduardo Baqueiro
0

Noticias

Noticias 

As saudades são enormes 
 Suas dores refletem em meu peito 
 Mas não sofra assim não! 
 Minha hora soou e viajei antes de você... 
 Não chores por mim, amigo! 
 Eu estou bem, melhor do que possas imaginar 
 Quando cheguei aqui tive medo, confesso. 
 Mas, quando vi os amigos que já estavam aqui, 
 todos sorridentes e felizes, 
 me esqueci do mundo que deixei 
 E, hoje, vivo minha realidade que é senão o outro lado da mesma moeda... 
 Mas não deixei para trás os amigos. 
 Estes são meu maior tesouro, 
 Estão todos guardados no meu coração 
 Inclusive você... 
 Carrego no meu peito o amor que recebi de todos vocês Me alimento dele, enquanto não tenho as suas presenças... 
Não chores amigo, haverá um dia em que estaremos juntos novamente relembrando os bons momentos, sorrindo e chorando juntos... 
 Este dia será um dia triste para quem fica, 
 mas será alegria para quem chega. 
 A vida não é nada mais que um ciclo... 
 Ora estamos de um lado, 
Ora estamos do outro lado 
 Não chores amigo! 
 Não parti, estou aqui do outro lado... 
 Estou feliz por sentir o amor que tens por mim 
 Eu te amo amigo... 

 Eduardo Baqueiro

domingo, 4 de novembro de 2012

0

Ainda há tempo

Ainda há tempo 
 
Ainda há tempo para fazer 
O que você sempre quis ter feito 
Visitar aquele lindo lugar 
Vestir-se do seu jeito 
 Namorar à luz do luar 
Tomar um banho de chuva 
Andar pela orla ou aprender a nadar 

 Ainda há tempo para ajudar 
Doe àquele que vive a ermo 
Um instante, um sorriso, uma palavra 
Lembre da criança, do idoso, do enfermo 
 Para você, deixe a noite passar 
Ouvindo as ondas quebrando 
E sentindo a brisa do mar 

 Ainda há tempo para cedo acordar 
Só para ver o sol a nascer 
Tomar, sem pressa, um farto café 
Com o que quiser comer 
 Ser você mesmo 
Dizer “eu te amo” 
Sorrir e gritar a esmo 

 Ainda há tempo para perdoar 
Esquecer as diferenças 
Rever os velhos amigos 
Entender as suas crenças 
 Beijar com emoção 
Dançar uma boa música 
Cantar a sua canção 

 Ainda há tempo se você quiser 
Vá agora, siga em frente 
Peça perdão, sorria e beije 
Viva o hoje, que é teu presente 
 Determine-se a ser feliz 
Você ainda tem tempo 
De ser o que sempre quis 

 Autor: Alex Dahlke
0

AUSÊNCIA...

AUSÊNCIA... 
 
Posso tocar-te com o pensando... 
Saltar do teu inconsciente onde vivo a tua espera... Atravessar a janela do tempo que nos separa... 
Respirar o ar úmido carregado de nostalgia... 
Sentir a brisa fria acalmando o fogo da ansiedade. Revelando a fragilidade dos sonhos erguidos na areia... Porque se não estás aqui? 
Te sinto tão perto... 
É certo? 
Como o lamento da tua ausência. 
Freqüência da inspiração poética; 
manifestada por aqueles que se entregam ao amor; 
sem rancor nem magoa... 
Vivo embriagada pela necessidade de viver, 
de renascer em palavras; 
plantadas na alma... 
Porque sugas de mim? 
O que não tenho mais para dar! 
Preciso descansar! 
Me calar diante do teu chamado. 
Porque o teu corpo está ausente! 
Mas o teu intimo me acompanha... 
Mesmo não estando comigo? 
Estás protegido pela minha oração... 
Porque se não estás aqui? 
Te sinto tão perto! 
O coração semeia o que a mente planta! 
O fruto que dele nasce é duvidoso. 
Ele pressente o que a razão ignora... 
O sofrimento da ausência se manifesta, 
quando na vida sobra espaço...
                                                             
                                                              Autor: Renata Saturnino

0

Se eu pudesse te encontrar

Se eu pudesse te encontrar 

 Se eu pudesse te encontrar 
No universo que foi projetado 
Eu queria te dizer 
Que você é tudo de um todo 
É todo o meu bem-querer 

 E no cais de um porto iluminado 
Você é o sol, o céu e o cenário 
No espetáculo do amanhecer 
É a maravilha da estrela que brilha 
Pra lua nova que vai nascer 

 É no arco-íris, todas as cores 
A mais bela obra da arquitetura 
É a cobiça de muitos amores 
Na paixão insana, 
É o remédio que cura 

 É o lírio, o delírio, os sonhos e o ato 
Naquele jardim encantado 
É o conto de fadas, a lenda e o fato 
Nos versos do meu cordel pendurado 
 É o ponto de encontro no meio do laço 
E o presente abraço que um dia te dei 

É o plano futuro, onde eu me embaraço 
Por causa do beijo que nunca ganhei 
 Nas notas sol, ré, dos acordes perdidos 
É o eco dos sons que vem do passado 
E na minha história e lirismo 

É a melodia dos cânticos entoados 
 É o preto no branco, os quais se misturam 
Na química que, explode no ar 
É o fogo abrasado que ainda perdura 
Na imensa vontade de te encontrar 

 Seria no mundo meu maior encontro 
Daria a ele um infinito valor Faria ser, porém, com encanto 
Como encontro de primeiro amor 
 Mas se não queres me encontrar 
Nada mais posso fazer 

Não quero mais sonhos e nem fantasias 
Quero a real razão do viver 

 Autora: Claudete Lopes
0

O amanhã

O amanhã 

O tempo ninguém pode parar, 
 Passa o dia vem a noite 
O futuro logo vai chegar 

E você sem poder fazer nada. 
 O amanhã está ae, e você o que já fez? 
Apenas deixou o tempo passar? 
Nem sempre terá uma segunda vez 

Veja, o tempo está passando, está na hora de aproveitar. 
 A chuva cai, e o sol já está ae 
O tempo passa muito rápido 

O ontem já passou e o amanhã está por vir. 
 O tempo nos devorará 
A cada dia ficaremos mais fracos, até morrer 
O que nos resta? Apenas deixar... 

 Postado por Elias Glassmann