apresentação


testo de bom dia


" Não quero ser na tua vida o início do fim, nem o fim de um começo, mas o início de um começo sem fim."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Cantinho Poético
1

Autores Espiritas






O Amigo Infalível

Viste calamidades
Que jamais esperaste.

Cultivaste afeições
Que te armaram ciladas.

Carinho que plantaste
Produziu menosprezo.

Não permitas, porém,
Que a tristeza te arrase.

Trabalha, espera e serve.
Não desistas do bem.

Tens um amigo infalível.
Conta com ele: É Deus.

Emmanuel
(Do livro "O Essencial", F.C. Xavier)










 ESTEJAM ATENTOS



Estejam atentos ao que dizem.
Atentos ao que ouvem.
Aos seus menores gestos.
Ao que buscam para suas vidas.
Atentos ao que ensinam aos seus filhos.
Ao que permitem que eles presenciem.
Ao que desejam ao próximo.
Ao que têm como certo e errado.
Estejam atentos ao que julgam.
O médium precisa prestar muita atenção no que faz em seu dia-a-dia. Pois é assim que se aprende: com vigilância, com ponderação e auto controle.








Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.




Padre Fábio de Melo 




Lições da Vida


Em questão de disciplina, 
Meditemos na grandeza
Das lições que nos oferta 
O livro da Natureza

Primeiro é o mato bravio, 
Que a enxada deve carpir.
Depois da semente, o fruto, 
Messe de luz do porvir.

O barro feio e disforme,
Se trabalhado na brasa,
Faz-se o sublime ornamento
Que nos enriquece a casa.

Na roseira, toda espinhos, 
Um dia, desponta a flor...
O espinho lembra degrau 
Da imensa escada do amor.

Na escuridão do subsolo, 
Em anônimo grotão,
O tempo faz o diamante
Numa lasca de carvão.

A fonte corre cantando
Da nascente para o mar,
Serve e luta no percurso
Para ser pura ao chegar...

Humilhações? Não te importes
Com o que muita gente diz.
Árvore quando podada,
Mais força tem na raiz.

Calúnia que alguém te faça?
O lírio é paz e perfume,
Um prodígio de beleza
Que, às vezes, cresce no estrume.

Do que plantares na vida, 
Seja no bem ou no mal,
Surgirão celeiros fartos 
No fundo do teu quintal.

No que se refere a dor.
A verdade é apenas uma:
Quem se atira na revolta
Não melhora em causa alguma.

Casimiro Cunha





A PAZ

Fica Conosco, Senhor ! 

Senhor Jesus, 
Sobre a Terra de agora, ansiosa e agitada, 
Que a Ciência domina, 
Muitas idéias novas pela estrada, 
Sonegam-te, no mundo a Presença Divina... 
O homem super-culto, 
Nas invenções geniais e nos feitos de vulto, 
Experimenta, experimenta... 
Entretanto, Senhor, por mais se lhe permite 
Revelações dos céus, sem pausa e sem limite, 
Ei-lo na indagação 
Em que não se contenta... 
Projetando satélites no Espaço 
E entesourando láureas da cultura 
Nem por isso largou-se 
Do tédio, do azedume, do cansaço 
De alma triste e insegura... 
Toda a Terra é um arsenal de máquinas potentes... 
Sondas, computadores... 
Investiga-se os mundos exteriores, 
Conclama-se ao progresso 
Todos os continentes... 
Mas a guerra campeia, 
O cérebro sem fé como que se incendeia 
E a violência se espalha mundo afora... 
E por isso, Jesus, que te pedimos: 
Fica conosco, em nossos vales, 
Enquanto tantos gênios Pairam em altos cimos, 
Brilhando sem saber onde os bens e onde os males!... 
Conserva-nos a fé por luz acesa 
E ajuda-nos a ver na terrestre grandeza 
Com a benção de amor em que nos guardas 
As longas retaguardas 
Dos irmãos despojados de esperança, 
A fim de socorrê-los em teu nome... 
Atenua, Senhor, a mágoa dessas vidas 
Que a tristeza consome 
Na dor que não descansa. 
Ergue de novo, os corações caídos 
Em desesperação 
A buscazrem na cinza os ausentes queridos 
Quão a morte lhes furtou em processo violento, 
Ajuda-nos a ver o sofrimento 
Que o radar não percebe e o motor não consola... 
Substitui, Jesus, pelo apoio da escola 
A sombra do presídio que segrega 
Os irmãos que a revolta inda inspira e carrega 
Para os despenhadeiros da existência...

(Autor desconhecido)


 



Corpo Físico


Alguns daqueles que abordam a luz renovadora dos princípios espíritas, deslumbram-se diante das perspectivas do Universo, enternecem-se com as revelações da imortalidade, capacitam-se da grandeza da vida e, quase sem perceber, se alheiam do corpo físico que lhes serve de bendito instrumento ao desempenho de valiosos encargos na estância terrestre. Há mesmo quem chegue a desprezá-lo, no pressuposto de que semelhante comportamento lhes abrevia o trabalho de burilamento moral. 


Simples ilusão dos que se ausentam da lógica que orienta os processos da natureza. 

Antes que o pão abrilhante a mesa, o trigo que lhe deu forma passou pelo claustro materno da terra benfazeja, a fim de constituir-se. 
No mesmo sentido, que adiantaria ao aluno de letras primárias freqüentar a universidade, claramente sem bases para assimilar as lições dos cursos superiores? 

A cela física, na escola do Planeta, é a carteira de estudo ou o cubículo de retificação que nos patrocina o progresso. Abençoá-la, conservá-la, auxiliá-la e preservá-la, através de hábitos baseados em equilíbrio e retidão, nos quais os recursos da existência sejam usados sem excessos, é simples dever. 

Geralmente, muitos de nós somente nos apercebemos da preciosidade de uma bênção depois que essa mesma bênção nos escapa das mãos. 

É assim que, muito comumente, apenas quando caímos na enfermidade irreversível ou após ultrapassar as fronteiras da desencarnação é que atribuímos ao corpo físico a importância de que ele se reveste. 

Não esperes o sofrimento para bendizer a felicidade perdida. 

Trabalha, realiza, procura o bem e aperfeiçoa-te agora. 

É pelo corpo físico que entesouramos experiências de subido valor para a eternidade. 

Ampara teu corpo para que teu corpo para que teu corpo te ampare. Se robusto, não lhe dissipes em vão as energias e agradece-lhe o equilíbrio de que desfrutas. Se doente ou mutilado, defeituoso ou inibido, agradece-lhe o ensejo de reajuste. 

Teu corpo é o livro em que aprendes na escola da vida. Não lhe fujas ao apoio do trabalho, nem à luz da lição.

Emmanuel


Assine o livro de visitas. Clique na imagem!

Um comentário:

  1. Amada amiga Regina
    Grata pelo convite...amei o "Cantinho Poético"
    Lindo como você!
    Que os seus sonhos continue com poder todos os dias, alimentando cada vez mais a sua alma.
    Bjus com carinho.

    ResponderExcluir

**************Seja Bem Vindo(a)! Deixe seu comentário ou sugestão. Obrigada